Topo

Histórico

Categorias

Plano Nacional de Internet das Coisas: o Brasil se preparando para o futuro

Renato de Castro

01/07/2019 04h00

O revolucionário Plano Nacional de Internet das Coisas. Imagem: AINTEC

Com potencial para melhor a qualidade de vida de moradores, desde o uso eficiente de meios de transportes até a redução da criminalidade e de doenças, o conceito de cidades inteligentes (Smart Cities) tem chamado a atenção de diversos governos, incluindo o do Brasil.

Dando continuidade às apresentações do Smart City Day realizado recentemente na sede da Microsoft Brasil, em São Paulo, no vídeo desta semana o analista de infraestrutura do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Guilherme de Paula, fala sobre o Plano Nacional de Internet das Coisas.

Baseado em um estudo realizado em uma parceria entre o MCTIC e o Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) que teve como objetivo diagnosticar e propor um plano de ação estratégico para o programa, o plano prioriza os ambientes de saúde, cidades, rural e indústria e conta com 60 iniciativas definidas dentro de suas verticais e horizontais. No ambiente de cidades, onde as ações de Smart Cities estão inseridas, o governo tem priorizado projetos de mobilidade, segurança pública e uso eficiente de recursos.

O que você acha do programa e dos próximos passos que o analista nos conta? Compartilhe aqui suas ideias e comentários. Até a próxima semana!

Sobre o autor

Renato de Castro é expert em Cidades Inteligentes. É embaixador de Smart Cities do TM Fórum de Londres, membro do conselho de administração da ONG Leading Cities de Boston e Volunteer Senior Adviser da ITU, International Telecommunications Union, agência de Telecomunicações das Nações Unidas. Acumulou mais de duas décadas de experiência atuando como executivo global em países da Ásia, Américas e Europa. Fluente em 4 idiomas, é doutorando em direito internacional pela UAB - Universidade Autônoma de Barcelona. Renato já esteve em mais de 30 países, dando palestras sobre cidades inteligentes e colaborando com projetos urbanos. Atualmente, reside em Barcelona onde atua como CEO de uma spinoff de tecnologia para Smart Cities.

Sobre o blog

Mobilidade compartilhada, Inteligência artificial, sensores humanos, internet das coisas, bluetooth mesh etc. Mas como essa tranqueira toda pode melhorar a vida da gente nas cidades? Em nosso blog vamos discutir sobre as últimas tendências mundiais em soluções urbanas que estão fazendo nossas cidades mais inteligentes.

Cidades Mais Inteligentes