Topo
Cidades Mais Inteligentes

Cidades Mais Inteligentes

Categorias

Histórico

Estamos prontos para o "carro" do futuro? Ele já chegou e se chama NEXT

Renato de Castro

10/09/2019 04h00

NEXT: um spoiler da nova geração da chamada MaaS – mobilidade-como-um-serviço. Foto: Next.

Nossa viagem de hoje nos leva a uma "garagem" que fica a menos de 20 minutos da minha casa. Mas antes de começarmos, devo confessar que eu amo carros! Como um bom representante da geração X, eu nasci com gasolina nas minhas veias e muitos cavalos nos meus sonhos. Bons tempos… mas que não voltarão mais, já aceitei.

Como um grande apaixonado por carros, cidades inteligentes e startups, imaginem a minha animação quando eu ouvi falar deste projeto. O nome já é inspirador: The Next Future Transportation Inc., que chamarei somente de NEXT para facilitar. Para mim, a marca soa como uma mistura de Vale do Silício com disrupção Muskeniana, não acha? Mas o cérebro e o coração do projeto estão na Itália, bem aqui ao meu lado. 

Conheci o jovem engenheiro Tommaso Gecchelin, CTO da NEXT, em junho deste ano em um networking de inovação promovido pela Região do Veneto, na Itália, e de cara me encantei com seu pitch. Tudo nasceu a partir de um projeto de final de curso da universidade que acabou virando uma startup ítalo-californiana que já recebeu mais de US$ 500 mil em investimentos.

A ideia é bem bacana e vem ao encontro de um problema enorme que temos em nossas cidades: como harmonizar o trânsito urbano mantendo o conforto e a comodidade de quem habita as periferias. Eu por exemplo, dificilmente deixaria de usar meu amado carrinho para ir da minha cidade (Bastia di Rovolon) para o centro da Padova.

Primeiro porque o transporte público, embora de qualidade, é bastante escasso por aqui. No meu caso, há somente ônibus a cada uma hora nos horários de maior movimento. Além disso, um trajeto que de carro eu faço em 25 minutos, leva quase uma hora no busão!

Se eu, apaixonado e militante da causa Smart City, não me convenço do transporte público, imagine se meu vizinho vai deixar em casa sua Maserati para ir trabalhar de ônibus. Aí entra o Tommaso e sua mente criativa: por que não criar módulos autônomos que quando sozinhos se assemelham a carros, mas unidos viram um ônibus? Uma espécie de transporte coletivo e autônomo sob demanda. Bingo! NEXT!

Parece coisa de 2050, certo? Que nada. O projeto não é somente viável, como já tem até protótipo 100% operativo e clientes na fila de espera. Fiz uma entrevista superdescolada com o Tommaso enquanto dávamos um passeio no primeiro veículo construído ali mesmo, na "garagem" dele.  Assistam ao vídeo que é praticamente um spoiler da nova geração da chamada MaaS – mobilidade-como-um-serviço.

Esta combinação de garagem e tecnologia disruptiva funciona muito bem lá nos Estados Unidos – Google e Apple que o digam! Contudo, quem sabe não estamos assistindo ao nascimento de um legitimo unicórnio mediterrâneo literalmente no fundo do meu quintal? Só o tempo nos dirá.

Nos vemos na próxima semana, sabe-se lá diretamente de que parte do mundo.

Sobre o autor

Renato de Castro é expert em Cidades Inteligentes. É embaixador de Smart Cities do TM Fórum de Londres, membro do conselho de administração da ONG Leading Cities de Boston e Volunteer Senior Adviser da ITU, International Telecommunications Union, agência de Telecomunicações das Nações Unidas. Acumulou mais de duas décadas de experiência atuando como executivo global em países da Ásia, Américas e Europa. Fluente em 4 idiomas, é doutorando em direito internacional pela UAB - Universidade Autônoma de Barcelona. Renato já esteve em mais de 30 países, dando palestras sobre cidades inteligentes e colaborando com projetos urbanos. Atualmente, reside em Barcelona onde atua como CEO de uma spinoff de tecnologia para Smart Cities.

Sobre o blog

Mobilidade compartilhada, Inteligência artificial, sensores humanos, internet das coisas, bluetooth mesh etc. Mas como essa tranqueira toda pode melhorar a vida da gente nas cidades? Em nosso blog vamos discutir sobre as últimas tendências mundiais em soluções urbanas que estão fazendo nossas cidades mais inteligentes.